EJCON – EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA

Descrição

1. ANÁLISE E DESCRIÇÃO DE CARGOS

1.1 Descrição de cargos

Descrever um cargo significa relacionar o que o ocupante faz, como ele faz, sob
quais condições ele faz e por que ele faz. A descrição de cargo é um retrato simplificado do
conteúdo e das principais responsabilidades do cargo.
O formato comum de uma descrição de cargo inclui o título do cargo, o sumário das
atividades a serem desempenhadas e as principais responsabilidades do cargo. Muitas vezes,
inclui também as relações de comunicação do cargo com outros cargos. Ela é narrativa e
expositiva e se preocupa com os aspectos intrínsecos do cargo, isto é, com o seu conteúdo.
Feita a descrição, vem a análise de cargos.

1.2 Análise de cargos

Esta etapa aborda os aspectos extrínsecos do cargo, isto é, quais os requisitos o
ocupante deve possuir para desempenhar o cargo.
Analisar um cargo significa detalhar o que o cargo exige do seu ocupante em termos
de conhecimentos, habilidades e capacidades para que possa desempenhá-lo adequadamente.
A análise é feita a partir da descrição do cargo.

2. CLIMA ORGANIZACIONAL

É o indicador de satisfação dos membros de uma empresa, em relação a diferentes
aspectos da cultura ou realidade aparente da organização, tais como: políticas de RH, modelo
de gestão, processo de comunicação, valorização profissional e identificação com a empresa.
Trabalhar em um local tranquilo e agradável é extremamente importante para que as
atividades sejam realizadas com mais qualidade e atenção.

3. PESQUISA DE MERCADO

Todas as decisões relacionadas a novos empreendimentos contém um certo grau de
incerteza: tanto das informações em que estão baseadas, quanto das suas consequências. Por
isso, é necessário que exista uma pesquisa de mercado.
A pesquisa de mercado tem o objetivo de orientar o empreendedor nas estratégias
que serão tomadas. Porém, a informação por si só não leva à decisão nem ao sucesso do
negócio: é preciso escolher um curso de ação que ajude a identificar problemas e
oportunidades e que indique caminhos que reduzam possíveis riscos.

4. PESQUISA DE SATISFAÇÃO

A pesquisa de satisfação do cliente é a principal ferramenta para conhecermos nossos
clientes, e para identificarmos as falhas e oportunidades de melhoria em nossos produtos ou
serviços.
Através da pesquisa de satisfação, podemos tomar decisões mais assertivas quanto a
diversas questões na busca da satisfação total: mix de produtos ideal, cardápios, formas de
apresentação e comercialização, pagamento, entre outros.

5. PLANO DE DESIGNER 1

Quando falamos em design, estamos falando justamente de projetar, planejar e
executar algo que tenha um apelo ou função sensorial. Logo, design é: criar soluções através
de um projeto. Sendo assim, para obter um bom design, precisamos desenvolver uma linha de
raciocínio acerca do “problema” que queremos resolver, desenvolver um conceito, pensar em
todas as hipóteses e probabilidades antes de executar um trabalho.
O profissional da área de Design Gráfico cria projetos de comunicação visual, novos
produtos e embalagens, desenha logotipos, formata qualquer tipo de material visual como
panfletos, outdoors, páginas da internet etc. Para cada projeto, o designer estuda e conhece
questões relacionadas ao que será desenvolvido, como cores, tipografia, produção gráfica,
ergonomia, o suporte e tudo o que for preciso para que se encontre a melhor solução, de forma
organizada, estética, viável e que, acima de tudo, traga resultados.

6. PLANO DE NEGÓCIO

O Plano de negócio é o documento que descreve todos os objetivos de negócio e,
cada fase a ser elaborada para que estes objetivos sejam alcançados. Para que o
empreendimento tenha sucesso, há necessidade de analisar a viabilidade esperada do negócio,
se precavendo de possíveis riscos e incertezas, considerando que, quanto maiores forem os
detalhes das informações obtidas no plano de negócio, maiores são as chances de acertos no
futuro empreendimento.

7. RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

Recrutamento e seleção é uma das principais atividades feita pelo RH ou gestão de
pessoas de uma empresa. Ela é que vai selecionar através de algumas etapas um novo
colaborador, ao qual vai fazer parte da equipe e deve ser alocado em uma determinada vaga.
Geralmente a vaga é bem específica e para isso o recrutador (pessoa responsável pelo
processo seletivo) vai definir de forma clara o que uma pessoa precisa ter de habilidades e
conhecimentos para poder participar e ser classificado no processo, isso é chamado gestão por
competências.